Total de visualizações de página

Seguidores

sexta-feira, maio 25, 2007

O coração é um mistério

Do you have the key of my heart?
Estou cansada de ouvir; " Se os homens são todos iguais, por quê as mulheres procuram tanto?" Eu sempre respondo: " Porque a esperança é a última que morre". Bem, não estou aqui para julgar que há em todos os homens um instinto maléfico! Mas minha consciência é sábia o bastante pra fazer com que não me entregue a qualquer um.

Somos sempre cobrados por parte da sociedade se estamos namorando e, quando estamos, perguntam quando sai o casamento. Se não estamos com alguém somos cobrados sobre o porquê de estarmos sozinhos.

É uma pressão contínua. Por parte de parentes, amigos, mídia, através de novelas, revistas filmes e etc., eu diria que às vezes até por nós mesmos.
Muitas vezes faz parecer que estamos buscando um complemento para nossas vidas como se estivéssemos pesquizando um produto qualquer.

Mas não é tão fácil assim. Ou, nossas soluções estariam disponíveis em uma simples prateleira. Com prestações favoráveis e um ótimo certificado de garantia. As palavras: " Está na hora, estou ficando velha (o)" parecem está por toda parte!

"Esquecemo-nos de que o amor é o que dá sentido à vida. Ele não tem hora marcada, nem surge apenas porque estamos procurando nosso par."

Há no ser humano um ideal, ele vem acompanhado de expectativas. É quando depositamos nossas esperanças no outro, esperando que a nossa escolha satisfaça em todos os sentidos... Ao contrário disso, pagamos com o preço alto de nossas emoções, com nossas frustrações e com nossa desilusão.


O que fazer então? Limitar nossa busca, parar de procurar, desistir? Certamente, não.

'Porque em algum lugar e em algum momento de nossa vida deverá existir alguém para nós.'

{ Em todo caso, eu já estou aqui. Agora, só preciso que me encontre.}

"O amor é o desejo da metade perdida de nós mesmos"


Triana Mirella

quarta-feira, maio 23, 2007

Desabafos da Alma!

Este é um dia triste! Daqueles que insistem em aparecer. E eu já não sentia à sua falta. Volta e meia ela me encontra... Hoje, ela é tudo que tenho "fraqueza". Não consigo mandá-la embora.
"Eu só quero que me deixe em paz!"
Por favor! me deixe em paz!
O que há comigo SENHOR?
Sinto como se estivesse carregando apenas um espinho da tua coroa. É tão pesado que me arrasto feito um bicho selvagem sem saber até que hora poderei resistir!


Oh! pai, conforta-me!
E salva-me dessa sepultura fria e sombria,
onde vejo trevas e sufoco-me a cada minuto que passa!


"Não deixe que o mal se aposse de mim"


Só preciso chorar um pouco...


"Estou acordado e todos dormem. Onde a morte está eu não estou, onde eu estou a morte não está e onde estou lá eu não me vejo"


Ps.: Perdão! Mas hoje é tudo que eu tenho!

segunda-feira, maio 21, 2007

Delírios de uma poetisa


Quero-te, oh, ser estranho
Flor e espinho
Desejo incontido no alvorecer


Beijar-te a face nua
onde a sombra da noite
Cobre-te de luz


E quando nada mais for,
tudo será em nós
Canção e palavra!


Quero-te, oh, ser estranho
silêncio e mistério
Olhares intensos


E quando nada mais for,
tudo será em nós
Amor e loucura!


Quero-te, oh, estranho ser!
E tudo será em nós
quando nada mais for...

Triana Mirella

' Marchons, joli coeur, la lune est levée'


'Venha, querido, a lua já saiu'

terça-feira, maio 15, 2007

A maldição do Espectro


Me bateu uma saudade!! Ah, maldito espectro que ainda ousa invadir meus pensamentos... Se ao menos eu (...) desculpem, mas terei que deixar esta lacuna. Faz tanto tempo que não falo do espectro. Há muito tempo que nem falo com ele. Às vezes penso que ele estar realmente morto! Nem à sua respiração eu ouço mais. Ele sempre respirava forte, antes de falar que estava bem!

E o tímbre da sua voz me dizia o contrário.

Hoje é estranho relembrar tudo isso, porque quanto mais eu procuro entender, menos eu entendo. Quer saber? Que se dane o entendimento! A compreensão das coisas não me trouxeram bons frutos assim.

"Palavras já dita:... e você nada será para mim do que um 'Espectro', sim, o verdadeiro espectro que sempre foi... e meus desejos se perderão no tempo... e os meus sonhos no esquecimento."

Ps.: Querido Espectro, agora eu sei que contrai sua doença. E o antídoto para minha cura talvez nunca existirá.

¨| Há venenos tão sutis que, para os conhecer, cumpre experimentá-los.
Há males tão estranhos que, para entender a natureza, é preciso contraí-los|" (O retrato de Dorian Gray)

Saudades seu maldito! Me xinga pra você mesmo.


_ Mas algumas belas palavras??

" É saudade então e mais uma vez
fiz de você o desenho mais perfeito que se fez
Os traços copiei do que não aconteceu, as cores que escolhi entre as tintas que inventei...
Trabalhei você luz e sombra, o que era sempre, não foi por mal, eu juro que não foi....
(Renato Russo)

Que seja eterno enquanto dure? 'É realmente imbecil' Quero que esteja bem!


sexta-feira, maio 04, 2007

Momento de voar


A hora é esta, Triana: arriscar-se, atirar-se destemidamente na direção do novo. Ainda que muitas pessoas possam se apavorar e tentar lhe demover daquilo que sua alma interpreta como um novo impulso criativo, não se incomode. As pessoas falam porque estão viciadas em certezas e seguranças. Mas O Louco, arcano zero do Tarot, vem lembrar que, eventualmente, alguma loucura é mais do que bem-vinda! Ponha sua vida em movimento e lembre-se que é sempre momento de recomeçar. Evite o medo e não espere as coisas tomarem uma forma “certa” para agir. Vá!





Conselho: Momento de se atirar em novas direções, sem temor.